Navigation
Mapa
Currículo sem Fronteiras
 
   
 Revista para uma educação crítica e emancipatória   ISSN 1645-1384

Territórios de Resistência e Criatividade: reflexões sobre os lugares da educação popular

Danilo Romeu Streck

Veja o Artigo

Resumo

A educação popular, enquanto uma construção histórica, acompanha o movimento da sociedade. Sua origem está fortemente associada aos movimentos sociais populares das décadas de 1950 e 1960 na América Latina, havendo ao longo dos anos mantido algumas características fundamentais, mas ao mesmo tempo passado por deslocamentos epistemológicos, metodológicos e pedagógicos. O objetivo desse texto é analisar algumas dessas mudanças nas últimas duas décadas, com ênfase nos primeiros 10 anos deste século. Argumenta-se que há uma reconfiguração dos lugares da educação popular, definidos nesse texto como territórios de resistência e de criatividade. Chama-se atenção inicialmente para a pluralidade dos territórios que gradualmente conquistam visibilidade. São destacados para reflexão o contexto da escola, os grupos étnicos e movimentos sociais, e as políticas públicas. Por fim, são identificados alguns parâmetros que marcam a reflexão teórica no período.

 

 

 
 
Todos os direitos reservados - Currículo sem Fronteiras 2011. Na eventualidade de enfrentar problemas no acesso a esta página, contate: webmaster@curriculosemfronteiras.org
 
 
       
English Busca Sugestões